topo-post
Publicado por em agosto 15, 2018 Deixe um comentário

É hora de ter minha loja virtual?

Não é muito difícil encontrar um empresário que tenha pretensões de expandir seu negócio para o digital através de uma loja virtual. Aqui na agência são comuns os pedidos de orçamento para estruturar um comércio eletrônico nos mais variados segmentos. As vantagens diretas de uma plataforma virtual atraem empresas com a possibilidade de aumento das vendas, prospecção de clientes fora da área de atuação local do negócio e diminuição dos custos fixos, uma vez que a loja virtual não depende necessariamente de um ponto físico para operar. Em todo contato com esses empresários, e aqui atendemos na maioria pequenos negócios, a primeira pergunta é: O que você sabe de comércio eletrônico?

Existem diversos tutoriais, plataformas de hospedagem e construção, vídeo aulas que ensinam passo a passo de como montar a sua loja virtual, além de consultorias específicas. Desde lojas prontas até estruturas próprias, é possível encontrar a solução ideal para colocar pra rodar sua loja bem rápido, mas pouco se ouve falar sobre o dia a dia da loja virtual.

Montar o site da sua loja, acredito que seja o ponto mais simples de todo processo. Isso quer dizer que qualquer estrutura de comércio eletrônico serve? Evidente que não. Navegabilidade, layout e fluxo de navegação são imprescindíveis para o sucesso da sua operação, no entanto, nossa conversa aqui é sobre a gestão operacional de uma loja virtual.

Após o lançamento da sua loja é preciso considerar uma série de fatores para que seja possível oferecer uma experiência de qualidade para seus clientes. Quer um exemplo? Você que está pensando em lançar sua loja, já calculou o frete do seu produto para as maiores cidades? Compensa em relação aos seus concorrentes? Você entrega mais rápido? Você sabe como funciona a logística reversa (Quando o cliente não gostou ou recebeu o produto errado e precisa devolver)? Essas são questões que fazem parte do dia a dia de um comércio eletrônico e precisam de um planejamento adequado.

Esse texto é para te desmotivar a lançar sua loja virtual?

Não, pelo contrário, a ideia é que antes de colocar uma loja virtual em funcionamento, que você faça o planejamento dos pontos principais da sua operação digital. Pra que o novo endereço da sua empresa na internet comece de forma adequada. Vamos levantar algumas questões que sua empresa precisa pesquisar a respeito:

Logística:

Qual o custo de envio dos meus produtos? Faça um planejamento de frete para poder oferecer promoções de frete gratuito. Pesquise embalagens que sejam eficientes e que auxiliem no valor de envio, lembre que o valor de frete é baseado nas dimensões e peso da sua embalagem, ou seja, quanto menor sua embalagem, mais barato pode ficar a sua entrega. Claro, faça um levantamento de custos em outras transportadoras e ofereça essa opção para seus clientes.

Formas de pagamento:

Existem soluções de pagamento que vão auxiliar na segurança e recebimento das suas vendas. Uma opção é o PagSeguro. Não é a única disponível no mercado, mas é bem conhecida pelos clientes e vai facilitar a integração de pagamento. Temos um texto sobre as principais formas de pagamento suas vantagens e desvantagens.

Fotos e Descrição de produtos:

Diferente da loja física, na sua loja virtual não existe um vendedor para acompanhar e conduzir uma venda, as únicas opções para conhecer seu produto são fotos e descrição. Invista um tempo em desenvolver um padrão de foto de qualidade e uma descrição dos produtos e categorias que te ajude no posicionamento dos buscadores.

Estoque:

Se a sua empresa trabalha com estoque reduzido considere separar uma quantidade de produtos apenas para a loja virtual ou utilize um sistema integrado para a gestão do seu estoque. Caso um produto seja vendido nos dois canais, tanto físico quanto online, e você tenha apenas um exemplar disponível, esteja preparado para oferecer uma solução viável para seus clientes.

Estratégia de marketing:

É seguro dizer que uma loja virtual sem investimento em marketing está destinada a não decolar. Suas campanhas online devem incluir diversas ferramentas e parceiros para ter efetividade. Faça campanhas em múltiplos canais como Facebook, Instagram, Google e outros serviços que ofereçam opções para anunciantes.  A concorrência é muito alta e sua loja precisa se diferenciar. Participe de vários canais, utilize redes de afiliados, tenha uma boa estratégia de conteúdo e não se esqueça do e-mail marketing. Apenas para começar.

Existe alternativas a loja virtual?

Sim, é possível iniciar uma operação de venda online via redes sociais. Com um perfil comercial no Instagram, por exemplo, já é possível ter uma pequena experiência de como seria atender esse cliente do digital. Caso sua empresa já se sente segura para montar uma loja virtual e tem em mente todos os desafios que esse canal oferece não espere pra começar. São vários os casos de pequenas empresas que possuem um canal digital forte e lucrativo, sua empresa pode ser uma dessas e tem a frente um mundo de possibilidades.

Você tem alguma dúvida de por onde pode começar? Algo que não ficou claro nesse texto? Procure a Shape Web para uma consultoria ou desenvolvimento da sua loja virtual de acordo com a sua necessidade. Temos consultores preparados para te atender e tirar as duas dúvidas.

Categorias:
Artigo escrito por Edgar da Silva
Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress spam blocked by CleanTalk.