Publicado por em fevereiro 9, 2011 Deixe um comentário

Social Media Week, o que rolou no evento

Ontem foi o Segundo dia de Social Media Week, que pra quem não sabe é o um dos maiores eventos sobre o tema de social media do mundo. Com edições simultâneas acontecendo em São Paulo, Nova York, Hong Kong e mais sete outros países, o evento é uma vitrine do que está acontecendo de mais inovador na área de social media. A Shape Web está essa semana no evento representada pelo @sofasonico e faremos um breve apanhado do que rolou lá para vocês ficarem sabendo.

O evento se concentra em debates de diversos profissionais sobre um tema específico, um modelo interessante que deixa a palestra mais como uma conversa do que como uma aula.

O dia começou com o bate papo de Diego Remus (Startupi/SMW/SP), Renata Lemos (ThinkTank) e Mayra França (Follow Digital) sobre o tema “Mídias Sociais Somos Nós, Pessoas”. Eles levaram um bate-papo interessante que conduziu ao raciocínio de que apesar de estarmos conectados a todo momento a algum tipo de mídia, devemos também lembrar que nossas ações off-line têm de ser correspondentes às online. Não existe mais um mundo desconectado, em qualquer momento estaremos compartilhando ideias, ações ou eventos e o controle dessas mídias é importante para que não vire uma droga ou problema social. Como eles mesmos ressaltam, existe muito ativismo de sofá, as pessoas estão realizando pequenas ações online e já se consideram mudando o mundo, as empresas precisam agregar valor aos seus usuários, é tempo de criar aplicações mais autênticas.

O segundo debate foi com Juliana Constantino e Rosana Fortes (Agência ClickIsobar), que levaram um papo interessantíssimo sobre as mídias sociais pelo mundo. Elas fizeram um levantamento sobre os números e o atual resultado das mídias sócias pelo mundo. Um dos dados expressivos que elas apresentaram foi o gigantesco número de cadastros no Facebook, que já está na marca de 8 por segundo, e que a rede no Brasil está em acessão desenfreada, já chegando a 9 milhões de usuários. Ainda no Facebook elas comentaram sobre a nova moeda de propaganda “Like“: através desse botão as empresas estão criando campanhas e ações voltadas a atrair novos clientes. O próprio Facebook já vê isso como um bom modelo de negócio e está limitando o número de empresas que você pode curtir, criando um novo valor para o “Like”, que será limitado e melhor escolhido pelo usuário da rede.

No terceiro painel com “Valores da Web – Já quebramos os Paradigmas de Mudança?” tivemos a ilustre presença da galera do site Jovem Nerd, que falou um pouco sobre como nasceu e como eles tomam conta desse projeto que já tem 10 anos, além de projetos para o futuro. Uma das dicas foi sobre conteúdo, que segundo eles é a única forma que o site consegue novos adeptos: o investimento deles em mídia é quase zero, sendo o conteúdo a principal forma de captação natural de visitantes. Outro que também participou desse bate papo foi o argentino Pablo Handl (Hub), que tem um site que ajuda pessoas que desenvolvem projetos a se conectarem, uma ideia interessantíssima que usa a rede para gerar resultados fora dela.

Ainda na primeira parte do evento tivemos – JWT – Verdades, Mentiras & Mídias Sociais com Cris Dias, Ken Fujioka e Patrice Lamiral, que são velhos conhecidos da web brasileira (no bom sentido) e já vêm desenvolvendo projetos nessa área há anos. Eles comentaram sobre a pesquisa que fizeram para medir a força da rede em relação aos meio tradicionais. O resultado, segundo eles, foi que as mídias sociais usam muito as mídias tradicionais como fonte de conteúdo, e que o tempo em que um assunto é tratado nas mídias sociais é maior do que nas tradicionais.

Em breve postaremos mais sobre as palestras que rolaram no final do dia de ontem, e fique ligado no Twitter da Shape pra saber o que está rolando ao vivo no Social Media Week.

Tags: ,
Categorias:
Postagem escrita por Equipe Shape Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress spam blocked by CleanTalk.